Jair Bolsonaro: "Não poderíamos mais continuar flertando com o comunismo"

Em seu primeiro discurso como presidente eleito da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) foi enfático ao dizer que o Brasil não poderia mais continuar a 'flertar com comunismo, populismo e o extremismo da esquerda'. O capitão reformado reiterou ainda seu compromisso em transformar o país numa nação "respeitada internacionalmente".

"Não poderíamos mais continuar flertando com comunismo, populismo e com o extremismo da esquerda. Todos nós sabíamos para onde o Brasil estava indo. O que eu mais quero é, seguindo ensinamentos de Deus, ao lado da constituição, me inspirar em grandes líderes mundiais. E, com boa assessoria técnica, isenta de indicações políticas de praxe, começar a fazer um governo que possa colocar o nosso Brasil num lugar de destaque", disse o presidente eleito durante transmissão ao vivo no Facebook. "Temos tudo para ser uma grande nação", completou.

Jair Bolsonaro também agradeceu a Deus pela oportunidade de poder comandar o país. Além disso, citou os médicos, enfermeiros e demais profissionais que cuidaram dele após a facada recebida no dia 6 de setembro, em Juiz de Fora, Minas Gerais. Durante transmissão ao vivo no Facebook, também agradeceu aos brasileiros, em especial os internautas.

"Esse contato deve-se ao respeito e consideração que tenho com o povo brasileiro. Só cheguei aqui porque vocês internautas, povo brasileiro, acreditaram em mim", disse o presidente eleito. 

O presidente eleito também afirmou que vai cumprir com todos os compromissos assumidos durante sua campanha e enfatizou que tem governabilidade para realizar mudanças. 

"O que eu mais quero é, seguindo ensinamentos de Deus, ao lado da Constituição, e inspirado em grandes lideres mundiais e com boa assessoria técnica isenta de indicações politicas começar a fazer um governo que possa realmente colocar nosso Brasil em um lugar de destaque. Todos os compromissos assumidos serão cumpridos com bancadas e com o povo" disse.

Macaque in the trees
Jair Bolsonaro (Foto: Redes sociais)

Bolsonaro ainda criticou a mídia que, segundo ele, o colocou "muitas vezes em uma situação vexatória". Ele citou passagens bíblicas ao agradecer seus eleitores e disse que buscou seu slogan de campanha na Bíblia e emendou: "Temos que nos acostumar a conviver com a verdade, não existe outro caminho se quisermos a paz e a prosperidade". "O povo, mais que o dever, tem o direito de saber o que acontece no seu País".

Missão

Bolsonaro também criticou a mídia que, segundo ele, o colocou "muitas vezes em uma situação vexatória". Bolsonaro citou passagens bíblicas ao agradecer seus eleitores e disse que buscou seu slogan de campanha na Bíblia e emendou: "Missão não se escolhe nem se discute, se cumpre".

No Rio

Apoiadores do presidente eleito que estavam em frente à entrada do condomínio do vencedor no Rio vibraram com aplausos com a imagem da transmissão ao vivo pelas redes sociais feita por ele pouco após as 19h30. 350 mil usuários do Facebook chegaram a assistir a live do presidente eleito simultaneamente. Até o momento, o vídeo tem mais de 2 milhões de visualizações e quase 170 mil compartilhamentos. 

O clima de festa se intensificou após a confirmação oficial da eleição de Bolsonaro pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com queima de fogos desde as 19 horas.

Assista ao primeiro discurso do presidente eleito Jair Bolsonaro: