Jornal do Brasil

País - Eleições 2018

General Hamilton Mourão volta a criticar 13º salário: 'Todos somos prejudicados'

Jornal do Brasil

O general Hamilton Mourão (PRTB), vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), voltou a criticar o 13º salário nesta terça-feira (2). 

"O 13º eu simplesmente disse que tem que ter planejamento, entendimento de que é um custo. Na realidade, se você for olhar, seu empregador te paga 1/12 a menos [por mês]. No final do ano, ele te devolve esse salário. E o governo, o que faz? Aumenta o imposto para pagar o meu. No final das contas, todos saímos prejudicados", respondeu.

>> Mourão critica décimo terceiro salário e adicional de férias: 'jabuticabas'

>> Bolsonaro desdiz General Mourão: "Ofensa a quem trabalha"

Para o militar, “se você recebesse seu salário condignamente, você economizaria e teria mais no final do ano". A declaração foi dada em entrevista ao periódico Folha de S. Paulo.

Mourão já havia chamado o 13º salário e o pagamento de adicional de férias de "jabuticabas". "Temos umas jabuticabas que a gente sabe que são uma mochila nas costas de todo empresário. Como a gente arrecada 12 (meses) e pagamos 13? O Brasil é o único lugar onde a pessoa entra em férias e ganha mais. São coisas nossas, a legislação que está aí. A visão dita social com o chapéu dos outros e não do governo", disse em palestra na Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruguaiana (RS), no último dia 25.

Macaque in the trees
General Hamilton Mourão (Foto: Divulgação)

À época, Jair Bolsonaro usou seu perfil oficial no Twitter para ir de encontro a fala de seu vice. O capitão da reserva disse que a fala de Mourão era uma afronta a quem trabalha e que o benefício está previsto na Constituição Federal. E adicionou dizendo que quem a critica desconhece a Carta Magna.



Recomendadas para você