Jornal do Brasil

País - Artigo

É um juízo político

Jornal do Brasil TARCISIO PADILHA JUNIOR, tarcisiopadilhajunior@yahoo.com.br

Diagnóstico de doenças e interpretação de procedimentos dele decorrentes depende do reconhecimento de padrões. Daí, hoje, a relevância crescente da aplicação da inteligência artificial mediante o uso de algoritmos ao diagnóstico médico.

Se os recentes avanços na ciência e tecnologia relacionados à medicina são notáveis, persistem importantes riscos envolvidos na manipulação de material genético que podem trazer consequências imprevistas para a evolução da humanidade.

Ciência e tecnologia podem ser usadas para melhorar nosso futuro.Graças a recursos cognitivos que se expandiram gradualmente, adquirimos a habilidade de diagnosticar situações. Entretanto, a habilidade de inventar soluções falha.

A invenção inteligente de soluções específicas para várias dificuldades é responsável por uma modernidade tardia. Esta confronta o indivíduo com uma complexa variedade de escolhas, e oferece pouca ajuda sobre as opções a selecionar.

Ainda que o futuro seja intrinsecamente imprevisível, ele é um amplo e diversificado território de possibilidades. Há momentos em que o indivíduo deve lançar-se a algo novo, sabendo que a decisão tomada tem uma qualidade irreversível.

Pensar como as coisas podem acontecer em determinado curso de ação, e compará-lo com alternativas, é um juízo político.

*Engenheiro, é autor do livro "Por Inteiro" (Editora Multifoco, 2019)