Jornal do Brasil

País - Artigo

A influência é uma ferramenta

Jornal do Brasil TARCISIO PADILHA JUNIOR, tarcisiopadilhajunior@yahoo.com.br

Quando não temos certeza do que é certo fazer, recorremos aos outros, para esclarecer o que pode ser melhor para nós.

A simples disponibilização de informações sobre as escolhas dos outros tem grande impacto nos resultados. Se as pessoas não puderem observar o que os outros estão fazendo, elas não terão como ser afetadas por eles.

Se as escolhas refletem quem a pessoa é, passa a ser mais importante eleger formas culturalmente significativas. Peça para um oriental escolher entre uma opção mais e uma menos comum, ele vai escolher a mais comum.

Assim é que prever tendências culturais é de grande interesse para empresas, consumidores e críticos culturais. Para conseguir vantagem, empresas criam algoritmos complexos para tentar prever se um produto vai "colar".

Se só gostássemos do que nos é conhecido, não teríamos razão alguma para não escolher sempre a mesma coisa. Apesar de a familiaridade ser uma coisa boa, também existe um impulso conflitante em direção à novidade.

Tentar atividades diferentes de vez em quando aumenta a satisfação com a vida. Na mídia em geral, notícias novas têm mais chance de chamar a atenção, e mudanças no local de trabalho tendem a aumentar a produtividade.

Somos constantemente influenciados no que pensamos, compramos, fazemos. A competição influencia a motivação, afetando as referências das pessoas ou o critério que elas usam para avaliar o desempenho.

A influência é uma ferramenta, como qualquer outra. Sempre podemos criar situações para mobilizar seu imenso poder.

*Engenheiro, é autor do livro "Por Inteiro" (Editora Multifoco, 2019)