A importância da vacinação contra a gripe

A campanha para a vacinação da gripe vai até 31 de maio e muitas pessoas ainda não se vacinaram. Esse dado preocupa ainda mais quando se trata da imunização de crianças. A gripe possui sintomas mais agressivos que um resfriado comum e pode ter como complicação um quadro de pneumonia ou insuficiência respiratória aguda, levando a internação e até a morte.

 

Por isso, crianças na faixa etária de seis meses até cinco anos devem ser vacinadas, além daquelas com doenças congênitas, cardíacas, problemas pulmonares ou doenças renais e metabólicas. A vacina só é contra indicada para crianças com histórico de alergia aos componentes da vacina e que já tiveram reação grave ao receberem alguma dose anterior. Bebes com menos de seis meses também não devem tomar e crianças com imunodeficiência, os responsáveis devem conversar com seus pediatras.

 

Mesmo crianças com quadro de alergia ao ovo devem ser vacinadas, segundo ultimo consenso da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, pelo fato da fração de proteína presente na vacina da gripe ser muito pequena. Em caso de uma doença febril moderada ou grave, recomenda-se adiar a vacinação até a cura completa do quadro para que as manifestações da doença não sejam atribuídas à vacina. Em alguns casos ,recomenda-se esperar pelo menos 24horas sem febre.

 

É importante frisar que a vacina da gripe não provoca gripe. Vale lembrar que os antígenos ( substâncias responsáveis pela formação de anticorpos) utilizados na vacina são mortos e não são capazes de causar qualquer infecção. Caso aconteça algum sintoma de gripe, pode ser pelo fato da criança ter entrado em contato com outro tipo de vírus, que a vacina não cobre.

 

As reações comuns da vacina são febre baixa, mal estar, dor muscular. Isso pode surgir no período de 6 a 12h após a aplicação e persistir por 1 a 2 dias. As reações ocorrem em menos de 1% das pessoas e são mais freqüentes em indivíduos que não tiveram um contato anterior com os antígenos da gripe.

 

A criança pode ter vermelhidão e endurecimento no local da injeção em torno de 15 a 20% dos casos e a reação desaparece em menos de 48h. Abscessos são associados a uma infecção secundaria ou erros técnicos da aplicação da vacina

 

Existem dois tipos de vacinas para a gripe. A Trivalente composta por 3 sorotipos e que protege contra 3 tipos de vírus e a quadrivalente disponível só no setor privado, e que protege contra 4 tipos.

 

Quando a criança está resfriada pode apresentar vermelhidão nos olhos, coriza, febre leve, congestão nasal, espirros e irritação na garganta. A duração é de 3 a 5 dias geralmente e não há comprometimento do estado geral. Na gripe os sintomas são mais agressivos com febre alta, muita dor no corpo e queda do estado geral podendo ter complicações respiratórias e ate mesmo evoluir para uma pneumonia.

 

 

* pediatra e pneumologista da Clinica Neurovida