Jornal do Brasil

País

Deboche: Livraria Da Vinci dá um ano de livros grátis para Moro e Dallagnol

Em maio, a empresa enviou um exemplar do livro "A Metamorfose", de Franz Kafka, para o ministro da Educação, Abraham Weintraub

Jornal do Brasil , redacao@jb.com.br

A livraria Leonardo da Vinci, no Rio de Janeiro, vai dar um ano de livros sobre direito grátis para o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba.

Macaque in the trees
Exemplares foram expostos nas redes sociais da empresa (Foto: Reprodução da internet)

O anúncio foi feito no perfil da livraria no Instagram. "Sem ressentimentos e divisionismos, nossa decisão mira o futuro. Acreditamos que esse primeiro contato com as leis brasileiras e o pensamento jurídico universal fará bem a suas excelências e ao país".

A empresa afirma ainda que "o prêmio só poderá ser usufruído presencialmente".

"Somos uma livraria especializada em ciências humanas. Fazemos um diálogo das questões brasileiras", diz Daniel Louzada, proprietário da livraria.

Em maio, a empresa enviou um exemplar do livro "A Metamorfose", de Franz Kafka, para o ministro da Educação, Abraham Weintraub. (FolhaPress SNG)