Ato em defesa do Fundo Amazônia

Na próxima terça-feira (04/06), às 17h, será realizado um ato em defesa do Fundo Amazônia em frente à sede do BNDES. A ação é uma iniciativa da AFBNDES (Associação de funcionários do BNDES) e Asibama/RJ (Associação dos Servidores Federais da Área Ambiental no Estado no Rio de Janeiro). O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a importância do Fundo e as ameaças às suas finalidades.

Já confirmaram presença no ato o ex-ministro do meio ambiente, Carlos Minc, representantes da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), do Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia do Brasil (COIAB), Maureen Santos, da Fundação Heinrich Böll no Brasil, Carlos Rittl do Observatório do Clima, a líder indígena, Sônia Guajajara, entre outros. Também participarão ONGs e membros do funcionalismo público.

Entenda o cenário

No dia 18 de maio, o BNDES afastou a chefe do departamento de Meio Ambiente do Banco por alegações de irregularidades na gestão do Fundo Amazônia feitas pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. As denúncias se mostraram infundadas, sem qualquer investigação, seja interna ou de órgãos de controle que as balizassem, mas a funcionária segue afastada do cargo. Em entrevista à TV Globo, Salles revelou a intenção do governo de utilizar os recursos do Fundo para pagar indenizações por desapropriações de terra em áreas protegidas.