Bolsonaro diz que chance de intervenção militar do Brasil na Venezuela é "próxima de zero"

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira que é "próxima de zero" a possibilidade de intervenção militar brasileira na Venezuela, num momento em em que a crise do país vizinho ganha novos contornos com o apelo do líder da oposição Juan Guaidó para que militares o ajudem a derrubar o governo de Nicolás Maduro.

"Agora, te digo uma coisa: a hipótese de nós participarmos, de forma mesmo indireta, de uma intervenção armada é muito difícil. Não vou dizer que é zero, mas é próxima de zero. É a nossa tradição não envolvermos dessa forma nos conflitos", disse Bolsonaro em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, da TV Band.

Macaque in the trees
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

"Não passa pela nossa cabeça ainda qualquer ação militar na Venezuela", acrescentou Bolsonaro, destacando que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é quem tem todas as opções na mesa.

Guaidó fez nesta terça seu apelo mais contundente para que os militares o ajudem a depor Maduro, e a violência irrompeu em protestos antigoverno com a Venezuela atingindo um novo pico de crise depois de anos de caos político e econômico.