Bolsonaro veta campanha publicitária do BB e diretor deixa cargo

O presidente Jair Bolsonaro vetou uma campanha publicitária do Banco do Brasil que mostra jovens negros, brancos e que representam diversidade. De acordo com o presidente do BB, Rubem Novaes, a retirada contou com a sua aprovação, que acabou culminando também com a saída do diretor de Comunicação e Marketing do Banco do Brasil, Delano Valentim.

A campanha publicitária divulga o serviço de abertura de conta corrente pelo aplicativo do banco. No ar desde o início de abril, a propaganda foi suspensa no último dia 14 depois que o presidente assistiu ao filme. Participaram atores jovens, negros, tatuados e uma transexual. 

Desde que Novaes assumiu o comando do Banco do Brasil, delegou às suas equipes de marketing e de tecnologia um plano para atrair jovens com uma linguagem mais moderna e com serviços via internet capazes de competir com as fintechs, hoje uma ameaça concreta aos maiores bancos e que têm entre os jovens seus maiores adeptos.

Com Folhapress

Veja o vídeo que foi tirado do ar: