'Assunto encerrado', diz porta-voz da Previdência sobre vídeo que nega golpe de 1964

Secretaria de Comunicação da Presidência informou que não sabe quem compartilhou e produziu o material

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, que acompanha o presidente Jair Bolsonaro em viagem a Israel, disse nesta terça-feira (2) que o vídeo que nega o golpe de 1964. 

Macaque in the trees
Porta-voz, general Otávio Santana do Rêgo Barros (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O material foi compartilhado no último domingo (31) por um canal de comunicação do Planalto. 

A Secretaria de Comunicação da Presidência da República informou no domingo que não sabia quem produziu e quem compartilhou o material, embora o vídeo tivesse sido enviado por um canal de comunicação do Planalto.

Já o  vice-presidente Hamilton Mourão declarou (1º) explicou que que o Palácio do Planalto divulgou o vídeo por decisão do presidente Jair Bolsonaro.