SP: assassino postou fotos com arma minutos antes do massacre

Um dos dois autores do massacre da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), que deixou dez pessoas mortas nesta quarta-feira (13), publicou minutos antes do ataque, fotos no Facebook com uma máscara de caveira e com uma arma.

Guilherme Taucci de Monteiro, de 17 anos, publicou 20 fotos fazendo gestos obscenos, com máscara e segurando um revólver.

Macaque in the trees
Guilherme postou foto nas redes sociais minutos antes do tiroteio em escola em Suzano (Foto: reprodução facebook)

Guilherme e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, ex-alunos, chegaram à escola por volta das 9h30 da manhã de hoje, durante o intervalo de aulas, e atiraram contra funcionários e estudantes. Cinco crianças e um funcionário morreram no local. Os dois atiradores se mataram. De acordo com último balanço divulgado pela polícia, 10 pessoas ficaram feridas e 10 pessoas morreram, incluindo os dois atiradores.

Dentre os que morreram, duas eram funcionários da escola, Eliane Regina de Oliveira Xavier e Marilena Vieira Umezo. Cinco eram alunos do ensino médio: Pablo Henrique Rodrigues, Clayton Antonio Ribeiro, Caio Oliveira, Samuel Melquiades Silva de Oliveira e João Vitor Ramos Lemos, que morreu no deslocamento para o hospital.

Vinte e três pessoas foram levadas ao hospital, entre elas, pessoas que passaram mal após o ataque. Antes de chegarem à escola, eles atiraram no dono de uma locadora de carros, Jorge Antonio Moraes, que também veio a óbito.

Os mortos foram os seguintes:

Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica

Eliana Regina de Oliveira Xavier, funcionária da escola

Pablo Henrique Rodrigues, aluno

Cleiton Antonio Ribeiro, aluno

Caio Oliveira, aluno

Samuel Melquíades Silva de Oliveira, aluno

João Vitor Ramos Lemos, aluno

Jorge Antonio de Moraes, comerciante, morto antes da entrada dos assassinos na escola