"Posse" de José de Abreu como "presidente" agita as redes sociais

"Evento" está marcado para esta sexta, no aeroporto

Um evento intitulado "Posse do Presidente do Brasil autodeclarado José de Abreu" está movimentando o Facebook nos últimos dias. Marcado para esta sexta-feira (8), às 18h, no Aeroporto Tom Jobim, o encontro já conta com 8,4 mil participantes confirmados e cerca de 33 mil interessados.

Macaque in the trees
Evento do ator José de Abreu autoproclamado presidente movimenta redes sociais (Foto: imagem reprodução)

O texto no post explica a motivação do evento: 'Se pode na Venezuela, pode no Brasil, afirma o ator, que adota o lema: 'O Brasil ao lado de todos, nem acima, nem abaixo. Nossa bandeira jamais será laranja'

Autoproclamação

Com a "medida", o ator José de Abreu satiriza ao mesmo tempo o deputado venezuelano Juan Guaidó, que se autodeclarou presidente da Venezuela no lugar de Nicolás Maduro em 11 de janeiro e  também os governantes que o reconheceram como Donald Trump, Jair Bolsonaro, Mauricio Macri e outros.

O nome no perfil na rede social já foi alterado para 'José de Abreu, autoproclamado Presidente do Brasil'. A brincadeira começou no início do ano, com uma série de postagens na rede social. "A ideia veio do Guaidó, algo insólita e inédita e como tudo na minha vida aconteceu por acaso. Veio na minha cabeça, alguém sugeriu e mandei bronca. Foi crescendo e crescendo. Acabei de me proclamando presidente do Brasil. Quem me apoia?", indagou, sendo curtido por milhares de pessoas. 

Com a grande aceitação dos internautas, ele marcou a data da posse e explicou: "Estou na Grécia e assumo dia 8 de março, no Galeão". E não perdeu tempo para convocar como vice-presidente a gaúcha e deputada Maria do Rosário. "A mulher que enfrentou o Bozo cara a cara".

"Equipe de Governo"

O polêmico artista pretende contar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no seu ministério, preso em abril de 2018. "Lula está nomeado chefe da Casa Civil, Militar e Religiosa", para pouco depois exigir: "Eu, auto declarado Presidente do Brasil, exijo que Lula seja solto para assumir o Ministério dos Justos". E como primeiro ato ele quer mudar a capital do país para o Nordeste.

Hino Nacional

Sem fugir das polêmicas, o "presidente" José de Abreu declarou que "o Hino Nacional só será cantado por iniciativa dos brasileiros em qualquer tipo de solenidade sendo proibida sua obrigatoriedade em todo Território Nacional". E determinou que "a Vale vai voltar a se chamar Vale do Do Rio Doce e terá que passar a eternidade limpando os rios do Brasil".

Troca de farpas

O ator José de Abreu é assumido opositor do presidente da República Jair Bolsonaro. Nas últimas horas, o global vem trocando farpas com o ex-capitão no twitter, após as publicações e posições polêmicas do presidente. 

Em sua conta pessoal na mesma rede social, Bolsonaro rebateu as críticas do ator. 

O ator rebateu as críticas do presidente da República.