Filho de João de Deus é preso por coação e corrupção ativa de testemunhas

Sandro foi preso em casa, na manhã deste sábado

Marcelo Camargo/Agência Brasil
Credit...Marcelo Camargo/Agência Brasil

Sandro Teixeira de Faria, filho do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, foi preso na manhã deste sábado, 2, em sua residência, em Anápolis.

A Justiça recebeu denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO) contra ele por coação no curso do processo e corrupção ativa e determinou sua prisão.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Rurais e Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, cumpriu neste sábado mandado de prisão preventiva do filho de João de Deus, Sandro Teixeira Oliveira, preso em sua residência, em Anápolis.

Macaque in the trees
Sandro Teixeira (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Preso no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia desde dezembro por acusação de crimes sexuais, o médium também responde pelo mesmo crime que o filho.

"O mandado resulta de representação feita pelo Ministério Público de Goiás, o qual apura crimes de violação sexual mediante fraude, coação e corrupção ativa. Esclarecemos que, como se trata de denúncia oriunda do MP, apenas aquele órgão irá se pronunciar sobre detalhes a investigação em questão", destacou a nota.

Em 24 de janeiro, o Ministério Público de Goiás apresentou duas novas denúncias contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus. A acusação também tinha como alvo o filho do médium, Sandro Teixeira de Oliveira, que responderá por coação e corrupção ativa de testemunha, de acordo com o MP-GO. Segundo o promotor Augusto César de Souza, um dia após o registro de um abuso sexual que teria acontecido em 2016, João de Deus e o filho tentaram 'comprar' a testemunha.

Os dois teriam ido até a cidade da vítima, no norte de Goiás, e oferecido pedras preciosas no valor de R$ 15 mil para que fosse retirado o registro. Na ocasião, o filho do médio estaria armado.

O médium está preso desde dezembro no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Ele nega os crimes.

A reportagem não conseguiu localizar o advogado de defesa Sandro Teixeira de Faria.



O médium João de Deus.
Sandro Teixeira