Polícia investiga sumiço de quase uma tonelada de maconha de delegacia

A polícia de São Paulo abriu investigação para apurar o sumiço de quase uma tonelada de maconha apreendida, que estava estocada em uma sala no 1º Distrito Policial (DP), na Rua da Glória, no bairro da Liberdade, região da Sé.

Macaque in the trees
Fachada do 1º Distrito Policial, na Sé, no Centro de São Paulo (SP), na manhã desta terça-feira (2). Quase uma tonelada de maconha desapareceu do 1º Distrito Policial. Os 900 kg da droga estavam guardados em uma sala da delegacia. Segundo a polícia, quem tirou a droga do local saiu pela porta da frente da delegacia. A Corregedoria da Polícia Civil investiga sumiço da droga e como ela foi tirada da delegacia. Todos os policiais que trabalham no local estão sendo investigados. (Foto: WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Segundo o boletim de ocorrência, o registro do sumiço ocorreu no dia 17 de agosto, mas só foi divulgado agora. O entorpecente estava armazenado em 83 embalagens lacradas. No entanto, em uma conferência em meados de agosto, um agente detectou que apenas 33 embalagens estavam no local. No lugar dos recipientes furtados, foram colocadas caixas vazias.

O sumiço foi registrado como furto no 1º DP. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a Corregedoria da Polícia Civil também abriu um inquérito para apurar o sumiço.