A chantagem

A chantagem em curso, se as quadrilhas forem desmontadas, provocará a demissão de mais de 300 mil empregados dos quadrilheiros, segundo eles. O que os chantagistas não dizem é que esses quadrilheiros estão fazendo 200 milhões de habitantes verem seu país desmoralizado em todo o mundo, e precipitando uma crise que pode atingir não apenas 300 mil desempregados, mas sim um confronto de desiludidos sem emprego, vendo seu país crescer para baixo. O que significa que, em função desse escândalo em que a Petrobras representava 60% dos investimentos brasileiros, essa quadrilha que já atua há vários anos, pode jogar nosso país num abismo. 

A lei, que vem sendo rigidamente cobrada e aplicada pelas autoridades que fazem a Operação Lava Jato, com certeza seria muito melhor se outros juízes em tempos passados levassem a julgamento todos aqueles banqueiros do Proer, alguns que em função governamental passavam até cheques sem fundos. E nenhum desses, que deram o prejuízo de mais de 20 bilhões de reais, foram sequer interrogados, e todos eles continuam vivendo em suas mansões nababescas, com extensão patrimonial no exterior, e ainda se dizendo credores de bilhões do Banco Central (o povo). 

Desses, os únicos que perderam realmente foram o Brasil, que cobriu os seus rombos, seus empregados, que perderam os empregos, e alguns investidores, que viram suas aplicações minguarem.

Na realidade, esse processo Lava Jato vai levar á prisão dos trombadinhas, Barusco e companhia, os chefes das quadrilhas, os Al Capones do segmento, mas lamentavelmente pode levar nosso país à crise, que com a população que tem, e com a pobreza que existe, pode nos dificultar o retorno de um país do futuro.