Como realizar mais negócios em 2017 será tema de encontro na Barra

Destinado para empreendedoras, o evento acontecerá dia 25 de janeiro. As vagas são limitadas.

2016 sem dúvida foi um ano difícil para os negócios. No entanto, uma pesquisa realizada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), patrocinada pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), aponta que o brasileiro está mais disposto a arriscar e criar seu próprio negócio. De acordo com o levantamento, praticamente quatro em cada dez brasileiros já possuem ou estão envolvidos com a criação de uma empresa. Ainda com base no estudo, a taxa de empreendedorismo no Brasil foi de 39,3%, o maior índice dos últimos 14 anos. Os dados também dão conta de que 56% dos empreendedores que estão criando ou já abriram uma empresa identificaram uma oportunidade. 

Para a Coach Alexandra Zainun, os números são bem significativos especialmente nesse momento de recessão que o Brasil atravessa. “É muito importante prestarmos atenção nessa última informação, pois tradicionalmente as pessoas começam a empreender pela necessidade e é prazeroso verificar que isso está mudando”, comemora. No entanto, a especialista faz ressalva e diz que é preciso empreender com responsabilidade e planejamento. 

É justamente para dar suporte a quem deseja lançar mão do próprio negócio que foi criado o #EuSaltoAlto, empresa idealizada por Alexandra Zainun cuja proposta é promover encontros de mulheres com o objetivo de informar e capacitar empreendedoras. Com este intuito, será realizado o 7º Encontro de Mulheres Empreendedoras no dia 25 de janeiro, das 14h às 17h, na Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 01, Barra da Tijuca. As vagas são limitadas e as inscrições são através do site https://in9.us/25715. Com investimento dR$ 75, as interessadas podem obter mais informações httpss://www.facebook.com/eusaltoalto??

Criar estratégia para realizar mais negócios em 2017 é uma das pautas do encontro, além disso, as participantes terão a oportunidade de apresentar seus negócios para outras empreendedoras e construir novas parcerias. Porém, é importante salientar que o evento não terá o objetivo apenas de discussões e aquisições de novos conhecimentos. Outros benefícios serão ofertados, como por exemplo, networking, formação de uma rede de relacionamentos, geração de novas ideias e insights, parcerias e alguns convidados para ajudarem com dicas. Tudo isso com a possibilidade da ajuda de um processo de coaching, mentoria para os negócios, planejamento das ideias, criatividade e inteligência do grupo. “Nós que somos empresárias não podemos simplesmente esperar que as coisas aconteçam. Nossa missão é justamente fazer as coisas acontecerem”, reforça Zainun.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais