MUNDO

Ataque recente deixa 42 mortos na Ucrânia e 24 na Rússia

Ataque massivo e contra-ataque ocorrem desde sexta-feira

Por JB INTERNACIONAL
[email protected]

Publicado em 31/12/2023 às 10:09

Alterado em 31/12/2023 às 10:09

Ataque a Karkhiv foi anunciado pela Rússia Foto: Ansa

Subiu para 42 o número de mortos desde o início do ataque massivo da Rússia à Ucrânia na última sexta-feira (29).

Entre as vítimas, 19 foram encontradas em Kiev, capital ucraniana, e sete em Dnipro, no centro do país.

No contra-ataque ucraniano à cidade russa de Belgorod, ao menos 24 pessoas morreram, segundo informou o governador da região homônima, Vyacheslav Gladkov, que ainda falou em 108 feridos.

Como retaliação, a Rússia iniciou um ataque na noite deste sábado (30) à região ucraniana de Kharkiv, deixando ao menos 26 feridos, incluindo dois adolescentes de 14 e 16 anos e um jornalista estrangeiro.

A cidade foi atacada com pelo menos seis mísseis, um dos quais atingiu um edifício residencial, provocando um incêndio.

A polícia afirma que 12 prédios, 13 casas, um hospital, um gasoduto, uma creche e várias lojas foram danificados.

"Em resposta a este ato terrorista, as forças armadas russas atingiram centros de decisão e instalações militares", afirmaram autoridades russas.

Em seu discurso de final de ano, o presidente russo, Vladimir Putin, falou, sem mencionar diretamente o conflito: "Não recuaremos nunca. Demonstramos várias vezes que podemos resolver as tarefas mais difíceis e que não recuaremos nunca, porque nenhuma força pode nos dividir".

Um alerta aéreo foi acionado na manhã deste domingo em toda a Ucrânia, conforme informou o veículo Ukrainska Pravda. (com Ansa)

Tags: