MUNDO

Itália seleciona 'feminicídio' como palavra de 2023

Decisão mira promover um debate construtivo sobre o tema

Por JB INTERNACIONAL
[email protected]

Publicado em 28/12/2023 às 09:46

Alterado em 28/12/2023 às 09:46

. Reprodução

O Instituto da Enciclopédia Italiana selecionou nesta quinta-feira (28) "feminicídio" como a palavra do ano de 2023 no país.

A enciclopédia Treccani, referência na Itália, explicou que a escolha tem como objetivo chamar a atenção do público para o fenômeno da violência de gênero.

A decisão, acrescentou o instituto, também visa promover um debate construtivo em torno do tema.

A palavra surgiu na língua italiana em 2001 e foi registrada na Treccani em 2008.

Até 3 de dezembro, pelo menos 109 mulheres foram assassinadas em território italiano ao longo de 2023, das quais 90 no âmbito familiar ou de relacionamento, e 58 por seus parceiros sentimentais ou ex-parceiros.

A morte da jovem Giulia Cecchettin, que foi assassinada pelo ex-namorado Filippo Turetta, chocou recentemente a Itália, em parte devido à idade da vítima e por causa da brutalidade do homem. (com Ansa)

Tags: