Basquete: internautas espanhóis acham que Espanha entregou para Brasil 

A derrota da seleção espanhola de basquete para o Brasil por 88 a 82, na partida que definiu a posição das equipes no Grupo B dos Jogos Olímpicos de Londres, continua repercutindo naquele país. Quem vencesse a partida confirmaria o segundo lugar no Grupo B e cairia na chave dos Estados Unidos, podendo enfrentar os americanos na semifinal.

Enquete realizada no site do jornal espanhol As mostrou que os internautas espanhóis acreditam que a Espanha entregou para o Brasil. Até as 5h20 desta terça-feira, 15.214 pessoas responderam à pergunta: você acredita que a Espanha deixou o Brasil ganhar?, sendo que 80% delas acreditam que sim.

Após a partida, em que a Espanha venceu os três primeiros quartos e tomou a virada no último, perdido por 31 a 16, Pau Gasol, principal jogador espanhol, negou que a equipe tivesse feito corpo mole e se mostrou preocupado com a desatenção do time, citando a derrota para a Rússia e o último quarto contra a Grã-Bretanha.

Os jogadores da Seleção Brasileira masculina de basquete preferiram não polemizar sobre a atuação da Espanha na partida de segunda-feira. O ala/pivô Guilherme Giovannoni, por exemplo, preferiu não comentar a postura dos adversários no período decisivo. "Acho que a gente fez um bom jogo no último quarto, e o importante é a vitória. A nossa equipe entrou para ganhar desde o começo, independente de quem irá enfrentar pela frente". Sobre os espanhóis comentou. "Aí você tem que perguntar para eles".

Tiago Splitter também não avaliou o desempenho espanhol, mas ressaltou a postura dos brasileiros em quadra. "Eu não sei, isso é questão deles. A gente jogou para ganhar, para defender o Brasil. Acho que é importante em cada jogo mostrar nosso caráter dentro da quadra, e foi isso que aconteceu".

Com o resultado, o time de Rubén Magnano ficou na segunda colocação do Grupo B e poderá enfrentar os EUA em uma eventual semifinal. Os espanhóis, com a terceira colocação na chave, só pegariam o Dream Team na decisão pelo ouro. Nas quartas-de-final o Brasil enfrenta a Argentina, enquanto a Espanha pega a França.