Sem brasileiros, Fifa anuncia 84 árbitros para Olimpíada de Londres 

O Comitê de Arbitragem da Fifa divulgou nesta quinta-feira a listagem dos 84 árbitros nomeados para trabalhar nos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados de 27 de julho a 12 de agosto. Nenhum brasileiro foi escolhido pela entidade, seja na competição masculina ou feminina.

O torneio dos homens contará com 16 árbitros e 32 assistentes, escolhidos por uma equipe chefiada pelo ex-árbitro suíço Massimo Busacca. Representantes de todas as confederações continentais foram apontados. Para a disputa masculina, foram chamados árbitros de Bolívia, Venezuela e Colômbia.

Em comunicado, a Fifa definiu o torneio olímpico como um primeiro passo para a disputa da Copa do Mundo de 2014, que será sediada pelo Brasil. Para a competição feminina, representantes de Uruguai e Argentina foram escolhidas entre as opções da Conmebol. Serão 12 árbitros e 14 auxiliares.

"A maior parte dos árbitros do sexo feminino que foram indicados para os Jogos Olímpicos é composta por rostos familiares à última Copa do Mundo, na Alemanha, e está no auge de sua profissão", afirmou Sonia Denoncourt, que comanda o comitê de arbitragem feminino da Fifa. Ela afirmou que espera alto nível técnico durante os Jogos de Londres.