Jornal do Brasil

Conex√£o Francesa - JBlog - Jornal do Brasil

Cresce o consumo de vinho rosé no Brasil - França lidera

O brasileiro segue preferindo beber vinhos tintos, 77%, brancos, 18,3% e rosés, 4,6%, mas o que chama a atenção é o crescimento do consumo dos rosés. No último ano tintos encolheram -6,7%; brancos cresceram +9,1% e rosé subiu mais 40,2%. Estes são os dados da Ideal Consultoria para 2018. Se formos olhar de 2014 a 2018 os números são ainda mais expressivos. Tintos crescem 37%, brancos 53,8% e rosés 278,9%. A França é o quinto fornecedor brasileiro atrás de Chile, Argentina, Portugal (estes empatados tecnicamente) e Itália. O país de Molière lidera o mercado de rosés.

Essa liderança se deve muito ao trabalho dos vinhos da Provence nacional e internacionalmente. A França soube criar, posicionar e promover um estilo de rosé. O estilo Provence, de cor clara, delicado e frutado. Isso ajudou todos os vinhos rosés da França. Dentre os franceses os rosés respondem por 25,4%, bem na frente dos brancos que respondem por 13,1%. Com uma taxa de crescimento nos últimos 5 anos de 244,5%.Os vinhos da Provence cresceram 265,7% nos últimos 5 anos. É de longe a região francesa que mais cresce. O brasileiro está entendendo que num país tropical e quente como o Brasil o rosé merece mais oportunidades. Na França o crescimento também é enorme.

Se a França tem 25,4% o segundo colocado é surpreendentemente os EUA, com 7,3% devido a moda do Zinfandel, seguido de África do Sul 7% e Portugal 6,7%. Inusitado é que o vinho francês líder em 2018 passou a ser o Rosé Piscine, que se bebe com gelo e não é da Provence. Mercado outrora liderado pelos vinhos do Château de Berne da Provence. Santé