Ataques do Boko Haram deixam 10 mortos na Nigéria

Ao menos 10 pessoas morreram em dois ataques do grupo extremista Boko Haram durante o fim de semana na região nordeste da Nigéria, cenário de atentados frequentes.

No sábado à noite, combatentes entraram na localidade de Mairari, a 10 km da cidade de Monguno, no estado de Borno, abriram fogo e lançaram granadas.

"Foi o caos, os homens do Boko Haram pegaram seis mulheres e as degolaram", afirmou Babakura Kolo, líder de uma milícia, à AFP.

Um morador de Mairari confirmou o balanço e destacou que os policiais não fizeram nada para impedir o avanço dos criminosos.

No domingo, quatro agricultores foram assassinados na periferia da capital do estado de Borno, Maiduguri.

Shuaibu Boka, que estava no local no momento em que os extremistas chegaram de moto, afirmou à AFP que "dezenas de pessoas estava trabalhando nos campos" e fugiram quando ouviram os integrantes do Boko Haram.

"Quando voltamos ao local, encontramos quatro de nossos homens degolados", disse.

Os ataques contra civis acontecem depois de uma série de operações contra as forças de segurança e os militares.

abu/sf/boc/spb/pb/me/fp