Chile: 158 membros da Igreja católica investigados por abuso sexual

Um total de 158 membros da Igreja católica chilena - entre bispos, padres e laicos - são investigados como a autores ou acobertadores de abusos sexuais contra menores e adultos que se estenderam por quase seis décadas, segundo uma lista revelada pela Procuradoria Nacional.

Os casos se referem a 144 investigações sobre fatos ocorridos desde 1960 até a presente data e envolvem 178 delas meninos, meninas e adolescentes, segundo os dados repassados à imprensa pelo procurador Luis Torres.

pa/af/rsr/cn