López Obrador propõe a Trump "nova relação" entre México-EUA

O presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, revelou neste domingo o conteúdo de uma carta enviada ao presidente americano Donald Trump com propostas para resolver problemas de migração, segurança e comércio que têm tensionado consideravelmente as relações entre os países vizinhos.

Obrador, que venceu as eleições presidenciais com 53% dos votos e será empossado em dezembro, assegurou que a carta foi enviada a Trump por uma delegação de altos funcionários do governo americano que lhe visitou na Cidade do México no dia 13 de julho.

López Obrador decidiu tornar a mensagem pública "para que todos os mexicanos conheçam nossa postura na nova relação que queremos" com os Estados Unidos.

Em entrevista coletiva, López Obrador defendeu um ambiente de "respeito, amizade e centrado na cooperação para o desenvolvimento".

O objetivo, segundo ele, é "chegar a acordos" para resolver os grandes problemas binacionais, como "o comércio, a migração, o desenvolvimento e a segurança" fronteiriça, disse López Obrador em sua carta, na qual pede ao magnata americano um "esforço por concluir a renegociação" do Nafta, a fim de evitar "prolongar a incerteza" econômica.

"Está tudo pronto para iniciar uma nova etapa na relação", conclui a carta, lida aos jornalistas pelo futuro chanceler, Marcelo Ebrard

yo/llu/cc