Papa aceita renúncia de bispo alvo de inquérito em Honduras

O papa Francisco aceitou nesta sexta-feira (20) a renúncia do bispo auxiliar da arquidiocese de Tegucigalpa, capital de Honduras, monsenhor Juan José Pineda Fasquelle.

O bispo é investigado por irregularidades financeiras em sua diocese, atualmente comandada pelo cardeal Óscar Rodríguez Maradiaga, um dos principais conselheiros do Papa. Maradiaga enfrenta problemas de saúde e deixa a administração da diocese a cargo de Pineda quando precisa se afastar para fazer tratamento.

Segundo a revista italiana "L'Espresso", Pineda teria tido relações íntimas com "diversos homens", que eram recompensados com presentes e tratados como "favoritos". De acordo com a publicação, vários seminaristas denunciaram a conduta do bispo.

"Se errei, peço perdão", disse Pineda nesta sexta-feira ao comentar a decisão do Papa, que não apresentou maiores explicações sobre o caso.