Premiê canandense nega antiga acusação de conduta sexual inapropriada

O primeiro-ministro Justin Trudeau reagiu pela primeira vez a uma acusação de conduta sexual inapropriada que remonta a 18 anos, ao afirmar que não tenho qualquer recordação do incidente.

Trudeau foi indagado por uma acusação de que teria se comportado de maneira inapropiada com uma uma jornalista no festival de música em Creston, Columbia Britânica, no ano 2000.

"Recordo desse dia erdo ese día en Creston... Tive um bom dia e não recordo da menor interação negativa", afirmou aos jornalistas durante uma visita Regina, Saskatchewan, por ocasião do Dia Nacional do Canadá, comemorado neste domingo.

Na ocasião, em um artigo publicado na imprensa, Trudeau, então com 28 anos e sem qualquer atividade política, foi acusado de ter passado a mão em uma jornalista.

O artigo não revelou o nome da mulher nem detalhes sobre os supostos atos de Trudeau.

A rede CBC informou que contatou a jornalista em questão, que pediu que não fosse associada à cobertura desse caso.

A acusação ressurgiu recentemente e é a primeira vez que Trudeau comenta a respeito.

ps/iba/ll/lda/cn