UE adota sanções contra 11 autoridades venezuelanas após eleição presidencial

A União Europeia (UE) adotou nesta segunda-feira sanções contra 11 autoridades venezuelanas em consequência da eleição presidencial de 20 de maio, que terminou com a reeleição de Nicolás Maduro e que, para os europeus, não reuniu garantias suficientes.

As sanções sobre a Venezuela "foram adotadas", indicou à AFP uma fonte europeia. As identidades das 11 pessoas afetadas serão conhecidas após a publicação da decisão no Diário Oficial da UE.

csg-tjc/acc/fp