China quer salvaguardar acordo nuclear iraniano apesar de Trump

O governo da China pediu nesta quarta-feira a manutenção do acordo sobre o programa nuclear iraniano, apesar da decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de abandonar o texto, uma decisão lamentada por Pequim.

A China, um dos signatários do acordo de 2015, "pede a todas as partes que atuem de forma responsável para retornar o mais rápido possível ao respeito a um acordo que contribui para preservar a paz no Oriente Médio", afirmou Geng Shuang, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores.

ehl-jug/bar/lb/acc/erl/fp