Para Chile, Unasul "não leva a nada nem ajuda a integração"

A Unasul "não leva a nada, não ajuda a integração e não é capaz de resolver os temas" relacionados à região, afirmou nesta segunda-feira o chanceler chileno, Roberto Ampuero, ao confirmar a suspensão da participação do Chile no bloco.

Argentina, Brasil, Colômbia, Peru, Chile e Paraguai resolveram suspender sua participação na União de Nações Sul-americanas (Unasul), o que reduziu na prática os membros do bloco à metade.

É uma instituição que "está paralisada há mais de um ano e meio", afirmou nesta segunda-feira Ampuero à rádio Cooperativa de Santiago, acrescentando que o Chile tem um custo anual de 800.000 dólares para se manter no bloco.

"Não leva a nada, não ajuda a integração, não é capaz de resolver os temas, funciona por veto. É uma situação que para os países não pode ser apresentada a nossos cidadãos", acrescentou o diplomata.

pa/msa/llu/cc