Presidente da Nicarágua revogará reforma que gerou protestos

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, anunciou neste domingo (22) a revogação da reforma previdenciária, que originou a violenta onda de protestos, que deixou pelo menos 24 mortos.

Em um encontro com empresários de zonas francas, Ortega disse que o Instituto Nicaraguense de Seguro Social (INSS) decidiu revocar a reforma que teria incrementado as contribuições operárias e patronais para dar estabilidade financeira ao sistema de pensões.

mas/val/mvv

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais