Peru apreende duas toneladas de cocaína destinada a Hong Kong

A Polícia peruana apreendeu 1.997 quilos de cocaína que seriam colocados em contêineres no porto de Callao para ser enviados a Hong Kong, informou neste sábado o ministério do Interior (Mininter).

"A Direção Antidrogas (Dirandro) apreendeu em uma operação 1.997 quilogramas de cocaína em um armazém do Callao", informou o Mininter em um comunicado.

A droga estava camuflada em cinco caixas de madeira. Em seu interior foram encontrados 140 tabletes de cocaína, cobertos com metal.

"É uma modalidade muito sofisticada e que é feita por profissionais", disse à imprensa a promotora Isabel Galván, que apoiou a operação policial.

Ela acrescentou que as investigações vão continuar e que a carga tinha como destino Hong Kong. Durante a operação, agentes da polícia capturaram uma pessoa.

Em março, a polícia antidrogas apreendeu também no porto de Callao 1.500 quilos de cocaína que seria enviada à Europa.

O Peru é um dos maiores produtores mundiais de cocaína, com umas 400 toneladas ao ano, segundo dados oficiais.

cm/ja/mvv