Bombardeio perto de escola em Idlib, Síria, mata 16 crianças

Pelo menos 20 civis, incluindo 16 crianças, morreram nesta quarta-feira em um bombardeio perto de uma escola na província síria de Idlib, amplamente dominada por extremistas, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"O bombardeio atingiu crianças que saíam de uma escola do ensino fundamental. Não tinham mais que 11 anos", afirmou o OSDH, que não soube informar se o ataque aéreo foi realizado pelo regime de Damasco ou sua aliada Rússia.

A escola, na localidade de Kafr Batikh, no leste da província de Idlib, se encontra perto de um bloqueio de controle de Hayat Tahrir al-Sham, organização jihadista dominada pela ex-facção síria da Al Qaeda, segundo o OSDH.

Hayat Tahrir al-Sham controla a totalidade da província de Idlib, onde operam igualmente uma varieade de grupos rebeldes.

No entanto, graças a uma ofensiva lançada em dezembro com o apoio de seu aliado russo, o regime de Bashar Al Assad reconquistou um vasto setor no sudeste da província.