Professor faz disparo acidental de arma de fogo durante uma aula e acerta estudante na Califórnia

Um professor fez um disparo acidental de arma de fogo durante uma aula sobre segurança em uma escola da Califórnia, em um incidente que deixou um estudante levemente ferido, informou a polícia nesta quarta-feira.

O professor de matemática e ex-policial Dennis Alexander, da escola secundária Seaside de Monterey, disparou uma arma semiautomática apontada para o teto, revelou o chefe da polícia Abdul Pridgen.

Alexander ministrava um curso de "administração da justiça" para estudantes que desejam se unir às forças da ordem, explicou o pai do jovem ferido ao canal de televisão local KSBW.

Pridgen destacou que ninguém foi atingido pelo disparo, mas a imprensa local informou que pedaços do teto caíram sobre três alunos.

"Um estudante apresentava uma queimadura no pescoço, uma marca vermelha. Quando a bala atingiu o teto caíram escombros. Não confirmamos os outros dois feridos", disse a comandante da polícia de Seaside, Judy Veloz.

"Não houve pânico na escola. O professor foi afastado e estamos investigando (...). A escola permanece funcionando".

O massacre de 14 estudantes e 3 adultos em uma escola de Parkland, Flórida, há um mês voltou a colocar sobre a mesa o debate sobre o controle de armas e se professores deveriam andar armados, como defendeu o presidente Donald Trump.

Nesta quarta-feira, milhares de estudantes dos Estados Unidos protestaram contra a violência com armas de fogo nas escolas.