Italiano é denunciado por fazer selfie durante votação

Um homem, de 43 anos, foi denunciado neste domingo (4) após fazer uma selfie com sua cédula eleitoral durante as eleições legislativas da Itália.

De acordo com os carabineiros, o eleitor, que se apresentou para votar por voltas das 8h30 (horário local) foi descoberto depois que o líder da sessão ouviu um baralho do celular ao registrar a imagem. Imediatamente, a polícia foi acionada e depois de verificar o dispositivo do italiano encontrou a fotografia. Ele foi levado à delegacia por violação do sigilo da votação.

Na última semana, o Supremo Tribunal da Itália anunciou que quem tirar uma selfie da cédula eleitoral será multado em até 15 mil euros. A medida tem o objetivo de garantir o voto secreto durante as eleições.