Detido homem que desenvolveu arma inteligente para Estado Islâmico

A polícia da Austrália deteve um homem sob suspeita de este ter desenvolvido uma arma inteligente para o grupo terrorista Estado Islâmico.

Segundo os dados da investigação, o homem teria desenvolvido um sistema de aviso de uso de armas de alta precisão com orientação por laser. A informação acabou divulgada pelo site da Polícia Federal australiana.

O homem, de 42 anos de idade, cujo nome não é indicado, foi detido nesta terça-feira (28) na sua casa na cidade de Young, região de Nova Gales do Sul.

A investigação mostrou que ele trabalhou no desenvolvimento de um sistema que seria capaz de detetar a marca de laser usada para a orientação de bombas inteligentes e mísseis de cruzeiro no Iraque e na Síria. Além disso, o homem estava elaborando um míssil guiado de longo alcance.

O detido, que estava sob vigilância e investigação da polícia por 1,5 anos, atualmente é acusado em dois casos de preparação para participação de organizações armadas ilegais. Ele enfrenta prisão perpétua.

A polícia destacou também que não há fundamentos para acreditar que o suspeito tivesse planos de realizar um ataque terrorista na Austrália.

> > Sputnik