Eleições França 2017: Valls e Hamon vão para o segundo turno das primárias socialistas

O ex-primeiro-ministro francês Manuel Valls e o ex-ministro da Educação Benoit Hamon passaram para o segundo turno das primárias do Partido Socialista, que vão determinar um candidato presidencial para as eleições deste ano, segundo informou a Alta Autoridade para as primárias da esquerda francesa.

O primeiro turno das primárias do Partido Socialista francês para determinar o candidato presidencial terminou foi realizado neste domingo (22).

"De acordo com os resultados obtidos de 3.090 cabines de voto, Benoit Hamon recebe 35,21% dos votos, Manuel Valls obtém 31,56%, Arnaud Montebourg ganha apoio de 18,70% dos eleitores", disse a Alta Autoridade.

As urnas fecharam às 19h (16h no horário de Brasília). A participação nas primárias foi bastante baixa, com cerca de 1,7-1,9 milhões de votantes.

Sete candidatos, a saber, o ex-primeiro-ministro Manuel Valls, dois ex-ministros da Educação, Benoit Hamon e Vincent Peillon, o ex-ministro da Economia Arnaud Montebourg, Sylvia Pinel do Partido Radical da Esquerda, o líder do Movimento Democrático Jean-Luc Bennahmias e François de Rugy, do Partido Ecologista, participaram do primeiro turno das primárias.

Os dois principais candidatos irão participar na segunda rodada das primárias, marcada para 29 de janeiro.

O candidato da esquerda francesa terá de enfrentar a líder da Frente Nacional, a candidata de extrema-direita Marine Le Pen, bem como o candidato de centro-direita, François Fillon, e o candidato independente da esquerda Emmanuel Macron, entre outros. 

O primeiro turno das eleições presidenciais francesas acontecerá no dia 23 de abril.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais