Bombardeiros russos atacam Estado Islâmico na Síria

Seis bombardeiros de longo alcance Tu-22M3, provenientes do território russo, atacaram posições do grupo terrorista Estado Islâmico na Síria.

Os objetivos atingidos estão localizados na província de Deir ez-Zor, informou por via de comunicado o ministério neste sábado (21).

"Em 21 de janeiro de 2017, seis bombardeiros de longo alcance Tu-22M3, provenientes do território da Rússia, realizaram um ataque aéreo em grupo contra objetivos de terroristas do Daesh na província de Deir ez-Zor <…> Dados do controle objetivo confirmaram que todos os objetivos designados foram atingidos", diz o comunicado.

Os militares russos também divulgaram que os alvos atingidos incluem acampamentos de destacamentos de terroristas, paióis de armas e munições e concentrações de material e pessoal.

Durante os ataques os bombardeiros foram escoltados por caças Su-30M e Su-35S a partir da base aérea russa na Síria de Hmeymim.

O Ministério da Defesa russo sublinhou que após a realização da operação todos os aviões retornaram aos seus aeródromos de baseamento.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais