Netanyahu se recusa a receber primeiro-ministro ucraniano após Kiev apoiar resolução

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, se recusou a receber o primeiro-ministro da Ucrânia, Vladimir Groisman, após Kiev ter apoiado resolução contra assentamentos israelenses em territórios palestinos.

O chefe de governo da Ucrânia tinha uma visita oficial a Israel marcada para a próxima semana. A visita foi cancelada por Israel em sinal de protesto contra projeto de resolução da ONU. 

"A decisão de cancelar a vista foi tomada como sinal de protesto contra o fato de que a Ucrânia, que sempre foi amigável em relação a Israel, votou a favor da resolução do Conselho de Segurança da ONU contra os assentamentos", publicou o portal ucraniano "Uai-Net".

Na última sexta-feira (23) o Conselho de Segurança adotou uma resolução exigindo a interrupção "completa e imediata" da construção de assentamentos em territórios palestinos.

Parceiros históricos de Israel, os Estados Unidos surpreenderam ao não utilizar o uso do veto na votação do projeto, que passou com 14 votos a favor e uma abstenção.