'BBC': Christine Lagarde é julgada na França

Matéria publicada nesta segunda-feira (12) pela BBC conta que a chefe do FMI, Christine Lagarde, foi julgada em França por negligência em relação a um pagamento de compensação feito por um banco estatal a um empresário em 2008. 

A reportagem diz que como ministra da Fazenda do então presidente Nicolas Sarkozy, ela aprovou um prêmio de 404 milhões de euros para Bernard Tapie pela disputada venda de uma empresa.

A BBC afirma que Tapie apoiou Sarkozy nas eleições presidenciais de 2007. Lagarde é acusada de permitir o uso indevido de fundos públicos, ao invés de corrupção. Ela nega que tenha praticado desmandos.

> > BBC IMF chief Christine Lagarde in negligence trial in France

O noticiário acrescenta que o caso se origina no início dos anos 1990, quando Tapie era acionista majoritário da Adidas, empresa de artigos esportivos. Depois de iniciar uma carreira política e de se tornar ministro do governo socialista de Francois Mitterrand em 1992, Tapie teve de vender a empresa.

Em 1993, ele processou o Credit Lyonnais, um banco estatal que lidava com a venda, alegando que o banco o defraudou deliberadamente subestimando a empresa.

Em 2007, o caso de longa data foi encaminhado pela Sra. Lagarde para arbitragem vinculativa. Um grupo de três membros concedeu a compensação um ano depois, causando um protesto público. 

No ano passado, depois de mais oito anos de disputas legais, um tribunal francês decidiu que Tapie não tinha direito a uma compensação e deveria reembolsar os 404 milhões de euros, finalizou a BBC.