'The New York Times': Trump escolhe CEO de fast food para pasta de trabalho

Reportagem diz que Andy Puzder é contra pagar hora extra e aumentar salário mínimo

Matéria publicada nesta sexta-feira (9) pelo The New York Times conta que  Donald Trump, escolheu para a secretaria de Trabalho Andy Puzder, CEO da CKE, um dos mais poderosos conglomerados de fast food dos EUA. 

Times diz que Andy é fotemente contra o aumento do salário mínimo e pagamento de benefícios aos trabalhadores e que suas posições dividem sindicatos.

> > The New York Times Trump’s Labor Pick, Andrew Puzder, Is Critic of Minimum Wage Increases

O jornal norte-americano acrescenta que o futuro secretário de trabalho do Governo Trump é californiano, e foi um dos primeiros grandes empresários a colaborarem financeiramente para a campanha de Trump, organizando eventos de arrecadação e contribuindo com cerca de US$ 150 mil para sua eleição.

Para finalizar, o NYT lembra que recentemente Puzder criticou uma decisão do governo a favor de garantir o pagamento de hora extra para 4 milhões de trabalhadores assalariados, além de ser um defensor da automação na indústria do fast food.