'USA Today': Republicanos de Ohio propõe lei rígida contra o aborto

Mudança coloca Estado em violação das normas constitucionais vigentes para os direitos ao aborto

Matéria publicada nesta quarta-feira (7) pelo jornal norte-americano USA Today conta que o estado de Ohio está prestes a aprovar a lei de aborto mais restritiva de todo país. 

Segundo a reportagem o projeto de lei foi enviado ao governador John Kasich por republicanos proeminentes. Se assinado por Kasich, a chamada "Lei da Batida Cardíaca" irá proibir abortos após um batimento cardíaco fetal ser detectado, o que pode acontecer já nas seis semanas de gestação. 

> > USA Today Ohio 'heartbeat bill' abortion ban moves to governor

O noticiário diz que a proposta não isenta gravidez por estupro ou incesto, mas inclui uma exceção: aborto para salvar a vida da mulher grávida. A mudança coloca o Estado em violação das normas constitucionais vigentes para os direitos ao aborto.