Anfitriões do Airbnb oferecem casas para desalojados

Até agora, pelo menos 30 imóveis já foram disponibilizados

Anfitriões do serviço de hospedagem Airbnb ofereceram suas casas para abrigar pessoas desalojadas pelo terremoto de magnitude 6 na escala Richter que atingiu a região central da Itália na última quarta-feira (24). 

Até o momento, pelo menos 30 imóveis já foram disponibilizados pelos seus donos, incluindo vilas com piscina. A maioria deles fica nas proximidades das áreas afetadas, mas também há residências em locais mais distantes, como Milão. "Porém os mais generosos são de Abruzzos, na zona de Áquila", declarou a responsável pelas relações externas do site, Federica Calcaterra. 

Em 2009, a província de Áquila foi devastada por um tremor que matou mais de 300 pessoas. "A comunidade do Airbnb está respondendo calorosamente e generosamente, como já havia feito nas enchentes [de 2013] na Sardenha", acrescentou.

O período de hospedagem gratuita vai até 11 de setembro, mas pode ser estendido.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais