Aumenta a procura por aliah nos EUA

Nem mesmo os ataques por esfaqueamento ou o boicote de Israel influenciaram os judeus americanos que chegaram para o evento aliyah do Nefesh B'Nefesh. 

A mensagem clara que veio de conversas com eles era idêntica: "não temos medo". O grande evento realizado em Manhattan é o maior evento aliyah que Nefesh B'Nefesh realiza a cada ano, geralmente prestigiado por mais de mil pessoas de todas as faixas etárias. 

Este ano, um número recorde de participantes foi visto, com mais de 1.300 pessoas, um aumento de 30 por cento desde o ano passado. "

Eu não tenho medo de vir a Israel por causa das facadas", disse Ari Bornstein, 24 anos. 

"Estas coisas também acontecem em Nova Iorque, e a distância da minha família e da situação de segurança não me assustam. Eu só quero estar em Israel." 

O evento Manhattan é o pontapé inicial de uma série de feiras aliyah na América do Norte: em Los Angeles, Florida, Toronto, Montreal, Chicago, Baltimore e Washington DC. O evento foi planejado com a ajuda do Ministério da Absorção de Imigrantes, o Fundo Nacional Judaico, a Agência Judaica e o JNF-EUA.

 E se você está se perguntando por que um jovem com um emprego em empresa de alta tecnologia sonha em fazer aliá, apenas para continuar a trabalhar no ramo israelense de sua empresa, aqui está o que Bornstein diz: "Israel é a minha casa e é importante para mim estar lá para contribuir.”

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais