União Europeia e Cuba assinam tratado histórico para normalizar relações

A União Europeia (UE) e Cuba assinaram hoje, dia 11, um histórico acordo de diálogo político e cooperação em Havana, após anos de negociações para normalizar as relações bilaterais.    

Em visita à ilha, a chefe da diplomacia da UE, a italiana Federica Mogherini, disse que "hoje é um dia histórico para nossa relação bilateral".    

O texto agora será submetido a consultas pelas duas partes envolvidas antes de ser ratificado. Os debates sobre a normalização das relações entre o bloco regional e a ilha tiveram início em 2014, quando teve fim a chamada "posição comum". 

A medida, acordada em 1996, fechava as portas para o diálogo caso não fossem registrados avanços na defesa dos direitos humanos e das liberdades individuais na ilha. 

A UE apoia as reformas econômicas lançadas pelo o irmão de Fidel Castro, Raúl Castro, desde que assumiu a Presidência, em 2008, para "atualizar" o socialismo. O bloco europeu é o segundo maior parceiro comercial de Cuba e seu maior investidor estrangeiro.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais