Homem é condenado a 885 anos de prisão por pedofilia nos EUA

O norte-americano Shawn Ryan Thomas, 31, foi condenado a 885 anos de prisão na Flórida por possuir uma "enorme" quantidade de material de pornografia infantil.    

Além disso, ele planejava sequestrar uma menina de nove anos, matar seus pais, violentá-la sexualmente e filmar os estupros. Thomas deve ser julgado em breve por tentativas de rapto, abuso infantil e homicídio.    

Ele foi preso depois de ter caído em uma armadilha e revelado seu plano a um informante da polícia. O réu foi considerado culpado de 60 crimes, e cada um prevê pena máxima de 15 anos de cadeia.