Naufrágio no Egeu deixa criança de 1 ano morta

Guarda Costeira da Grécia encontrou embarcação naufragada

Mais uma criança foi encontrada morta enquanto sua família tentava entrar na Europa ilegalmente. Ela estava a bordo de uma embarcação de imigrantes que naufragou nas proximidades da costa da pequena ilha grega de Lesbos, no Mar Egeu.    

A criança de um ano foi achada inconsciente na manhã desta sexta-feira, dia 9. Ela foi levada ainda com vida ao hospital, mas não sobreviveu.    

O barco que transportava um número ainda desconhecido de pessoas foi encontrado parcialmente afundado. A agência "Associated Press" publicou, citando a Guarda Costeira grega, que até o momento 50 imigrantes foram resgatados e levados à terra firme por embarcações da polícia marítima e particulares.    

As autoridades gregas resgataram ao menos 542 pessoas em 12 diferentes operações de resgate no Mar Egeu desde a última quinta-feira.    

Aylan - No começo de setembro, a imagem do corpo do pequeno Aylan Kurdi, de três anos, sem vida na praia causou indignação ao redor do mundo e fez com que os países europeus tomassem medidas para aceitar os imigrantes de diversos países, especialmente Síria.    

Ele tentava fugir da Síria junto ao irmão, a mãe - que também morreram - e seu pai. Sua família queria chegar ao Canadá, onde tinha parentes.