Visita de Dilma reafirma apoio do Brasil ao processo de paz na Colômbia, diz embaixadora

A presidente Dilma Rousseff será a primeira chefe de Estado a visitar a Colômbia após os anúncios do último dia 23 de setembro, em que foram definidos termos de um acordo de paz entre o governo do país e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farcs). O acordo colocará fim a décadas de conflito armado.

O governo do Brasil, por meio do Ministério das Relações Exteriores, divulgou nota saudando os esforços para o êxito do processo de paz na Colômbia e que o resultado será uma vitória não apenas para o povo colombiano, mas para toda a América do Sul, que se consolida como região de paz, de diálogo e de cooperação”, diz trecho da nota.

Segundo a embaixadora brasileira em Bogotá, Maria Elisa Berenguer, o momento é oportuno e reafirma o apoio brasileiro ao processo de paz.

“A visita de Estado da presidenta Dilma à Colômbia se dá em um momento que não poderia ser mais oportuno, tanto do ponto de vista das relações bilaterais, como também do contexto regional. A presença da presidenta aqui, nesse momento, certamente é um sinal de apoio. Sempre manifestamos o nosso apoio, o país e a própria presidenta manifestou esse apoio ao presidente Santos, mas a presença dela aqui só vem reafirmar isso”afirma a embaixadora.