Empresário italiano é sequestrado nas Filipinas

Rolando Del Torchio foi levado por 7 homens enquanto trabalhava

O empresário italiano Rolando Del Torchio, 56 anos, foi sequestrado nesta quarta-feira (07) nas Filipinas por sete homens armados, informou a mídia local. A Chancelaria italiana confirmou o rapto, mas disse "desconhecer" que grupo ou organização cometeu o crime. Del Torchio é dono de um café-pizzaria em Dipolog City, no sul do arquipélago, e estava trabalhando no momento da ação. Segundo testemunhas, os homens se fingiram de clientes para entrar no local e, após raptarem o homem, fugiram em uma lancha.

    Del Torchio chegou nas Filipinas como missionário católico do Instituto Pontifício para Missões Externas em 1988. Oito anos após os trabalhos no país, ele deixou a Igreja por causa dos escândalos de pedofilia envolvendo religiosos. Porém, mesmo longe da religião, ele permaneceu na ilha de Mindanao, também no sul do país, para trabalhar com uma ONG rural. Após esse período, ele abriu o restaurante "Ur Choice Cafè".

    Diversos grupos rebeldes muçulmanos atuam no sul do arquipélago e fazem parte de uma guerrilha separatista para conquistar maior autonomia em uma região de predominância católica. Algumas dessas organizações se uniram à quadrilhas criminosas especializadas em sequestros de estrangeiros para conseguir se manter financeiramente. (ANSA)