Farc elogiam encíclica do papa Francisco

Para grupo, texto dá 'perspectiva de futuro'

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) elogiaram a "valentia de diagnóstico" da encíclica "Laudato Si" ("Louvado Seja") escrita pelo papa Francisco e divulgada no dia 18 de junho.

    Um comunicado da organização divulgado nesta sexta-feira (26) diz que o documento tem "um visão inclusiva e esperançosa" que dá uma "perspectiva de futuro" par "enfrentar com determinação e inteligência os abusos dos poderes econômicos e políticos".

    "Usam a Terra degradando-a, submetendo milhões a fome, o sofrimento, a miséria e a inconformidade que, não poucas vezes, causam rebelião para lutar contra os regimes injustos", diz o grupo.

    Os representantes do grupo estão em Havana, capital de Cuba, para a 37ª e penúltima reunião de paz com o governo colombiano.