'Dia da Família' causa polêmica em Roma

Uma manifestação em Roma neste sábado (20) está causando polêmica na Itália. O "Family Day" ("Dia da Família") está reunindo milhares de pessoas na capital italiana que defendem a "família tradicional" no país e criticam um projeto de lei que permite a identificação por gênero nas escolas.

"Com este evento pedimos que seja respeitada a família fundada no matrimônio e não se rejeite o papel central dos pais. Rejeitamos com força a tentativa de infiltrar nas escolas alguns projetos educacionais que miram a desestruturação da identidade sexual das crianças. São teorias sem embasamento científico", disse o porta-voz do grupo "Defendam nossos filhos", que organizou o evento.

Para Ilaria Iapadre, uma das líderes da União Estudantil LGBT no país, essa é a "enésima iniciativa homofóbica e de censura que causa danos à educação laica pela identidade de gênero e à sexualidade".

Segundo Iapadre, a ideia de que incluir outras formas de gêneros nas escolas não quer destruir nada, mas sim combater o "bullying e à descriminação criada por mães e pais". "Não há nada de ideologia em lutar pelo reconhecimento dos direitos LGBTs", finalizou.